Christiane Vera Felscherinow


Uma mulher triste, vazia e tola!

Assim diz o histórico da sua vida.

Este é um artigo sobre Christiane F. A garota alemã que nos anos 70 ficou famosa como a junkie juvenil Christiane F. Hoje aos 45 anos continua recebendo o mesmo título.

A história da vida da então conhecida na época como: Eu, Christiane F. - 13 anos, drogada e prostituída, sob o título original de: Christiane F. - Wir Kinder vom Bahnhof Zoo. Quando Kai Hermann e Horst Rieck, jornalistas alemães, colaboradores da famosa revista "Stern", realizaram uma pesquisa séria e corajosa ao entrevistarem Christiane F. e as pessoas ligadas intimamente à sua vida, como, por exemplo, sua mãe e o Pastor Jürgen Quandt, responsável pelo Centro de Jovens, onde Christiane iniciou sua ramática experiência com drogas.



No início de 1978, Christiane F. foi encontrada com quinze anos como testemunha num tribunal de Berlim quando concedeu uma entrevista que faria parte de uma pesquisa que seria realizada sobre a juventude.



O depoimento da garota emocionou os jornalistas que desde então decidiram transformar a historia dela em livro e posteriormente em filme.

Quando lidamos com um usuário de drogas que está no vício há anos - ou décadas - as primeiras impressões que eles nos passam são as de repulsa e depois pena. Esse não é o caso de Christiane Vera Felscherinow; a garota alemã que nos anos 70 ficou famosa como a junkie juvenil Christiane F. tinha (ou teve) tudo para sair da dependência das drogas, mas seu conceito vazio sobre a vida mostra o quanto o ser humano decide por si mesmo aceitar a derrota de uma vida triste, tola e infeliz!

"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará  (João 8:32)
A verdade que libertaé DEUS. Se o dinheiro, o sucesso, a fama, títulos e prestígios fossem capazes de fazer alguem feliz, certamente essa jovem, hoje senhora que vem lutando entre idas e recaídas do vício da heroína certamente já teria tido respostas.

E não tem igreja, pastor, mãe, familia ou quaisquer outros atributos, o que nos liberta mesmo é a verdade.

Livres do apriosinamento das drogas!
Lvres da prostituição!
Livres das crises existencia!
Livres da depressão!
Livres da opressão etc.

Assim declara verdadeiramente quem conhece A Verdadee pode-se dizer LIVRE!

E qual a fundamentação dessa tão maravilhosa liberdade?

Em 2 Timóteo 3:16-17, Paulo disse: "Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.

Deus, contudo, não nos força a sermos libertos. Muitas pessoas são enganadas por Satanás e seus falsos mestres para que não possam discernir a liberdade do encarceramento. Infelizmente, muitas pessoas rejeitam a liberdade que Deus oferece e permanecem presas em seus próprios pecados.

 Jesus usou as palavras de um profeta do Velho Testamento, Isaías, para descrever a triste condição daqueles que não aceitam a liberdade divina: "Porque o coração deste povo está  endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados" (Mateus 13:15).

Creia!













Para Saber mais:
www.morgenpost.de/content/2007/05/18/berlin/900388.html
www.teenagewildlife.com/Othermedia/Film/CF1981/xinfo/manchete/
www.lesart.org/1994.pdf
www.stern.de/tv/597055.html

Um comentário:

  1. a Christiane real, uma década depois, vive um exemplo do que as drogas podem fazer com a existência humana. Tola, idiota, nesta entrevista ela é um exemplo vivo: Não pelo que ela diz, mas sim pelo que ela é incapaz de dizer.

    http://www.mortesubita.org/psico/textos-de-psicologia-bizarra/christiane-f-45-anos-drogada-prostituida-e-neonazista

    ResponderExcluir

comentário(s)

Pesquisar este blog