Breve reflexão em Gênesis 1:27


 

“Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”


A genialidade e bondade de Deus se expressa nesse versículo.
Somos imagem e semelhança de Deus e somos capazes de ser o que quisermos, pois o arquiteto do universo nos fez a imagem e semelhança da perfeição!

Como é possível que a fina camada de pele em sua cabeça produza um fio de cabelo especial?

Porque nasce um tipo de cabelo na cabeça outro para o braço, outro para os cílios e outro para sobrancelhas?


Como você consegue fazer nascer os próprios dentes? E as unhas?


Olhe para suas mãos, explique o porquê elas foram projetadas para segurar algo?


De que maneira seus pulmões continuam respirando independente de sua vontade?


De que modo seu subconsciente o alimenta a todo instante com pensamentos, mesmo enquanto você dorme?


Neste momento, fígado, rins, coração, pâncreas, glândulas salivares, etc., enfim, todos eles estão trabalhando para manter seu corpo em ordem, você nem mesmo tem o poder de desligar ou reativar esses órgãos.


Durante o sono noturno seu coração bombeia cerca de 280 litros de sangue para todo seu corpo, isso apenas no período de uma hora.


Seus pulmões contem 300BILHÕES de pequenos vasos sanguíneos chamados de capilares, todo sangue presente em seu corpo passa pelos pulmões uma vez a cada minuto.


Durante toda sua vida, a medula em seus ossos criará meia tonelada de glóbulos vermelhos.


Você tem músculos nos olhos que se movem cerca de 100 mil vezes por dia e lhe permitem focalizar imagens.


Seu cérebro contem 10 BILHÕES de neurônios que trabalham todo tempo!


Seu estomago produz dois litros de suco gástrico por dia é revestido por 35 MILHÕES de glândulas.


A sua boca tem 8000 células gustativas.


Foi por acaso que seus ouvidos foram planejados para captar som?

Toda essa engenharia humana para um fim especial na vida: SERMOS MAIS QUE VENCEDORES!

Por tanto, SEJA!

Como filho do Rei dos Reis, você tem o poder dEle manifestado em seu ser!

Que Deus abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário(s)

Pesquisar este blog