14 de out de 2011

Maturidade Espiritual



Maturidade espiritual é um processo doloroso que envolve aspectos profundos na vida cristã. No período da infância, o ser humano experimenta a fase do egocentrismo e acredita que o mundo gira em torno dele próprio. É nessa fase que a criança espera que tudo seja do jeito que gosta e acredita ter direito ao melhor presente, à comida preferida e exige a atenção da família toda para si.
É possível estabelecer uma comparação entre essa fase natural da evolução física e a evolução espiritual uma vez que enquanto um homem tem a atenção focada em seus prazeres e necessidades, ele está na infância espiritual.
Meditando no livro de Hebreus 6:1 que diz que “Pelo que deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até a perfeição, não lançando de novo o fundamento de arrependimento de obras mortas e de fé em Deus”.Nessa passagem percebo a importância do desenvolvimento da maturidade espiritual como um processo que leva tempo e requer que deixemos os nossos desejos pessoais, incluo aqui também a necessidade de moldar o caráter ao de Cristo.
Maturidade espiritual está para crescimento pessoal, quando deixamos de ser meninos e assumimos a posturas de homens e mulheres de fé. Em 1 Coríntios 13:11 diz que “Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.” Interessante perceber que esse processo de crescimento começa quando uma pessoa aceita a Jesus Cristo como Salvador, é quando acontece o novo nascimento, o nascer para o Espírito Santo e, em seguida a escolha de viver "em Cristo".
O apóstolo Paulo nos ensina que o crescimento espiritual é um processo contínuo. "Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" (Filipenses 3:12-14). Nem mesmo o apóstolo Paulo tinha alcançado o alvo final, mas ele constantemente seguia adiante rumo ao prêmio.
Essa breve reflexão acerca da maturidade espiritual nos ensina que esta se desenvolve quando aprendemos acerca da Palavra de Deus e permitimos que Deus renove a nossa mente para em seguida praticarmos a obediência a seus ensinamentos. A leitura em Romanos 12 nos traz o fecho dessa reflexão, a saber: "Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus".
Muito mais do que crescimento e aprendizado, as marcas da maturidade espiritual, nos permite a aprender a caminhar em obediência a Deus e fazer escolhas pelo ponto de vista de Deus ao invés do seu ponto de vista humano e isso acontece quando começamos a andar fortalecidos no espírito e fortalecidos quanto as concupiscências da carne. ("Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Gálatas 5)
Para alcançarmos  o elevado grau de andar em espírito precisamos antes de mais nada aprender a andar no controle do Espírito Santo e nos apresentar diante de Deus aprovados e irrepreensível, tal qual como indica a passagem: 2 Timóteo nos instrui: "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para responder, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra."
Essas são algumas instruções práticas sobre como se tornar espiritualmente maduro e escolher aplicar a Palavra de Deus às circunstâncias cotidianas. Gostaria de finalmente concluir com a passagem em
Hebreus 13:20-21 que diz: "Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança, vos aperfeiçoe em todo o bem, para cumprirdes a sua vontade, operando em vós o que é agradável diante dele, por Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre.
Ao final dessa reflexão, chego a minha conclusão pessoal que maturidade espiritual é prosseguir para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus, é o que a leitura em Filipenses 3 me ensina.
E que assim seja para todos nós,
Amém!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário(s)

A importância de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO!

Hoje em meu devocional/MAPA eu aprendi sobre a importancia de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO! Como é preciosa a lição trazida em Mt 6....