25 de jan de 2010

Divino mestre da música: BACH!


Hoje eu vou abrir um parêntese muito significativo para falar desse surpreendente mestre da música clássica barroca.

A minha admiração por Bach começou no final da minha adolescência. Nessa época eu já tinha ouvidos “curiosos” para música clássica, mas foi em uma biblioteca pública, no setor de multimídia que descobri a genialidade desse notável compositor ao lançar os olhos em uma dedicatória de uma de suas obras (Suites Para Violoncelo) o que inicialmente despertou minha curiosidade e encantamento.

Bach é considerado um dos maiores e mais influentes compositores da história da música suas músicas combinam o que de mais fino nos estilos Italiano, Francês e Alemão. Um detalhe interessante é que as suas melodias freqüentemente oferecem mais emoção do que transparece, é algo mágico e quase incompreensível.

Particularmente gosto de escutar Bach para ler, estudar, escrever, meditar e orar, ou seja em momentos em que permito que minha mente seja aquietada.

Cada melodia é uma descoberta!

Na obra Minueto (bem no começo) lembra uma canção de ninar;
Já Badinerie lembra festas e palácios;
Ave Maria em harpa e violino (que na minha opinião é a melhor versão) é uma declaração de amor a mãe de Jesus.
Tocatta And Fughe In Minor é o emocionante!
E claro, não poderia faltar O Cravo bem temperado que tem dois volumes de músicas para teclado com 24 conjuntos de Prelúdios e Fugas, todas lindíssimas! Na Cantata BWV2 (Ach Gott, vom Himmel sieh darein) é possível sentir-se nos braços de Deus! Sua tradução é de uma espiritualidade ímpar!

"Ah Deus, olha-nos do céu
E tem piedade de nós!
Que escassos são teus fiéis
E em que abandono, nós pobres, estamos!
Não se permite mais que tua palavra seja verdadeira
E, além do mais, a fé está se extinguindo
Entre todos os filhos dos homens."

(Violino I, Oboé I/II e trombone I com sopranos; Violino II e trombone II com contraltos; Viola e trombone III com tenores; trombone IV e baixos com baixo contínuo)

"Quero, Senhor, conservar a tua Palavra
Para este indigno povo.
Encomendamos a ti, cuida de nós
Para que não sejamos pervertidos.
A multidão ímpia nos rodeia
Enquanto teu polvo
Exalta os eleitos."

Bach sem dúvida, é divino e eleito o meu predileto entre os clássicos eruditos!


Para conhecer mais:

Orquestrais :
Concertos de Brandenburgo nº 1 a 6, BWV1046-51
Suíte nº 1 em dó BWV 1066
Suíte nº 2 em si menor BWV1067
Suíte nº 3 em ré BWV 1068
Suíte nº 4 em ré BWV 1069.

Coral:
Magnificat em ré BWV 243
Paixão segundo São Mateus BWV 244
Paixão segundo São João BWV 245
Oratório de Natal BWV 248

Peças para Teclado:
48 Prelúdios e Fugas CBT - BWV 846-93
Fantasia e fuga em lá menor BWV904
Concerto italianoBWV 971
Variações Goldberg BWV 988

Peças para Órgão:
Fantasia e fuga em lá menor BWV 537
Prelúdio e fuga em lá menor BWV 543
Tocata e fuga em ré menor BWV565
Tocata e fuga em mi BWV 566

Música de Câmara:
Sonatas para Flauta BWV 1013, 1020,1031 a 1034
A arte de fuga BWV 1080
Oferenda musical BWV 1079

Prelúdios corais:
O pequeno livro para órgão BWV 599 a 644



Um comentário:

  1. Para ouvir na net:

    http://b.radio.musica.uol.com.br/radio/index.php?ad=on&ref=Musica&busca=Bach&param1=homebusca&q=Bach&check=artista&srchtyp=1

    ResponderExcluir

comentário(s)

A importância de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO!

Hoje em meu devocional/MAPA eu aprendi sobre a importancia de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO! Como é preciosa a lição trazida em Mt 6....