Você acredita em vida eterna?

 
Todo homem tem em si um profundo anseio por vida eterna, essa vida só em Deus podemos alcançar. No Evangelho de João capitulo 20:22 lemos: Jesus soprou sobre ele e desse-lhes: RECEBEI O ESPÍRITO SANTO!
Há vida  no sopro de Deus. O homem foi criado, mas não viveu até que Deus soprasse nele o fôlego de vida (Gn 2:7). O primeiro sopro de Deus fez o homem diferente de todas as outras formas de criação. Agora, por meio do sopro de Jesus, Deus nos deu a vida eterna e espiritual. Com este sopro veio o poder para fazer a vontade de Deus na terra!
 

Casamento X triangulo amoroso.




           O êxito de um casamento depende de um triangulo amoroso.

Esse famoso ditado popular de que a vida a dois é difícil, complicada e cheia de peculiaridades é a mais pura verdade!

Quando você casa, você junta o seu mundo (que as vezes é cheio de complicações) com o mundo de outra pessoa, e os dois mergulhados nesse universo de opiniões, desejos, vontades, etc, é ai que entra o jogo da renuncia, não raro acontecem alguns desencontros recheados de divergências, conflitos e até brigas!

Quando chega a esse ponto, alias, se chegar a esse ponto é por que o casal não viveu ou não buscou o triangulo amoroso, a terceira Pessoa do relacionamento.

Embora tenha começado o texto com algumas realidades duras do casamento e até levando o leitor a pensar no casamento como algo difícil, o que não deixa de ser verdade, mas essa realidade muda completamente de contexto quando o casal decide viver uma relação a três, não com uma outra pessoa, mais sim com a Pessoa do Espírito Santo de Deus.

Jesus disse que deixou o Espírito Santo para nos guiar em tudo. Essa é a grande mágica de viver o triangulo amoroso, ouvi e concordei com uma frase que dizia que é impossível um casamento se sustentar a dois, se Deus não estiver nas decisões do casal, a frente dos desafios que a vida a dois exige, essa relação se torna insuportável.

Todo ser humano traz em si um grande vazio que SOMENTE  Deus pode preencher, esse vazio se duplica quando em um casamento ambos não buscarem Deus para suas vidas.

Deixo aqui algumas decisões importantes para o casamento, todas a luz da Bíblia, fruto de pesquisas em sites e estudos de pastores especializados em família.



DECISÕES IMPORTANTES PARA O SEU CASAMENTO:

 

Aceite o seu cônjuge como ele é.

"Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;" (I Cor. 13:5)



A fidelidade entre marido e esposa é fruto da relação de ambos com Deus. 

"O que adultera é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz. Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará." (Provérbios 6:32,33) 



Um lar tem início com um compromisso de amor e fidelidade, e Deus como o seu arquiteto. 

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." (Salmos 127:1) 



A jóia mais preciosa que um homem pode dar a sua esposa é amá-la incondicionalmente, sendo este também o presente mais almejado pelos filhos. 

"Vós, maridos, amai as vossas mulheres como Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela," (Efésios 5:25) 



O casamento tem três pilares de sustentação: fé, comunicação e sexo.

"Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa só carne." (Efésios 5:31)



Admita seus erros:

Para manter o cálice do amor transbordando em seu casamento, admita logo o erro quando estiver errado e cale-se quando estiver certo.

"Semelhante, vós mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavras;" (I Pedro 3:1)



O casal deve andar juntos, não só literalmente. O diálogo é fundamental para que haja compreensão. 

"O amor não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha;..." (I Coríntios 13: 6-8) 



Feche a porta do divórcio.

"Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que aborrece o repúdio e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o Senhor dos Exércitos; portanto, guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais." (Malaquias 2:16)



O casamento é uma instituição sagrada para o Senhor.

"Assim não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem". (Mat.19: 6)



Siga o padrão de Deus para o seu lar.

"Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." (Efésios 5:22,23,33)




PARA OS MARIDOS:

Toda esposa necessita de gentileza e um ombro amigo no falar, no gesticular, no agir.

"Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo." (Efésios 5:28)



MARIDOS, Aprender a ouvir a sua esposa, persevere, vale à pena!

"Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar." (Tiago 1:19,20)



Fazer sua esposa feliz pode significar, às vezes, abrir mão do bem estar pessoal momentâneo, como por exemplo, comodismo, preguiça, egoísmo.

"Andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." (Efésios 5:2)



MARIDOS, As mulheres têm necessidades de conversar com seu companheiro e tê-lo como um grande amigo. 

"Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor." (Prov. 18:22) 



Maridos, CUIDADO  com as palavras! O que você diz pode salvar ou destruir a emoção de sua esposa. Portanto, saiba usar suas palavras e você será recompensado. 

"Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!" (Salmos 19:14) 



MARIDOS, O tom de voz errado tem sido o grande vilão para os atritos da vida conjugal. 

"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição." (Colossenses 3:14) 



MARIDOS, Compartilhar as tarefas domésticas também é uma prova de amor. 

"E esta é a minha oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda percepção." (Filipenses 1:9) 



 MARIDOS, Toda esposa deseja se sentir amada e desejada. Toda esposa sábia é capaz de comunicar seus sentimentos. 

"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis. Abre a boca com sabedoria, e a instrução fiel está na sua língua." (Provérbios 31:10, 26) 



MARIDOS, Palavras agradáveis, porém sinceras, solidificam a relação e produzem um eco verdadeiramente eterno. 

"Favos de mel são as palavras agradáveis, doçura para a alma e saúde para os ossos." (Prov.16:24) 



Marido e esposa, a comunicação é a chave do casamento. Portanto, compartilhe ao outro a sua própria linguagem do amor. 

"Como cerva amorosa, e gazela graciosa; saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê atraído perpetuamente." (Provérbios 5:19) 


 

SEXUALIDADE DO CASAL:



O relacionamento sexual também é uma mistura de comunicação, unidade, prazer e entrega entre os cônjuges. 

"O marido conceda à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. Completai o meu gozo, para que tenhais o mesmo modo de pensar, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, pensando a mesma coisa." (I Coríntios 7:3/ Filipenses 2:2) 



No casamento não deve existir espaços para razões egoístas, pois quem ama não priva o outro do prazer sexual sem que haja concordância mútua. 

"Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e novamente vos ajuntardes para que Satanás não vos tente por causa da incontinência." (I Coríntios 7:5) 



Limite não há para o prazer sexual, desde que o casal esteja dentro da vontade e princípios de Deus. E não há espaço para razões egoístas. 

"Eis que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa todas as suas veredas." (Provérbios 5:21) 



O prazer sexual deve basear-se tanto na aceitação da satisfação sexual do outro, como, principalmente, na aprovação de Deus. 

"...Sabendo que nenhum sodomita herdará o reino de Deus; venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula..." (I Coríntios 6:9/ Hebreus 13:4a) 



Quando um casal sela um compromisso com Deus e a Sua palavra, não há limites para a satisfação sexual que podem experimentar. 

"...Tornando-se uma só carne; o amor jamais acaba..." (Gênesis 2:24b/ I Coríntios 13:8a) 



 AGORA É A VEZ DAS ESPOSAS!

ESPOSAS, Busque o melhor momento para se comunicar. 

"O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." (Prov. 18:13) 



ESPOSAS, Aprenda a perdoar (esquecendo) para não criar raiz de amargura. Lembre-se de esquecer! 

"Todos os dias dos aflitos são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo." (Prov. 15:15) 



ESPOSAS, cuidado com sentimentos errados! Busque trazer soluções quando apresentar os problemas (apontar erros). 

"O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!" (Prov. 15:22) 



ESPOSAS, cuidado com a comunicação! O amor faz solicitações e não imposições. 

"A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto." (Prov. 18:21) 



ESPOSAS, aprenda a escolha o momento certo e o local adequado para falar ao outro o que mais desagrada a você. 

"A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. A sabedoria do homem lhe dá paciência; a sua glória está em esquecer ofensas." (Provérbios 15:1; 19:11) 



Esposas procure ser sempre bondosa para com as virtudes do seu cônjuge e um pouco cega para as faltas do mesmo. 

"Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelos desejos da carne e engano; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade." (Ef. 4:22,24) 

 

CASAMENTO E DINHEIRO:



 Criatividade, assim como a tomada de atitude dos cônjuges em relação à própria sexualidade, também se constitui no alicerce para o êxtase do prazer sexual. 

"Desejo muito a sua sombra, e debaixo dela me assento; e o seu fruto é doce ao meu paladar. Levou-me à casa do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor." (Cantares 2:3,4) 



 O stress de ordem financeira, na família, por vezes, é fruto da falta de discernimento em distinguir entre necessidades e desejos. 

"Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho...Vigiai e orai para que não entreis em tentação..." (Filipenses 4:11/ Marcos 14:38a) 



O descontrole financeiro tem sido um forte adversário do amor entre marido e mulher. O casamento requer compromisso, da mesma forma, tudo que é bom. 

"Ora, a perseverança deve terminar a sua obra, para que sejais maduros e completos, não tendo falta de coisa alguma." (Tiago 1:4) 



Um casal que se ama deve estar sempre pronto a ser flexível e ajustar-se a qualquer mudança radical, objetivando o ajuste financeiro. 

"...Em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a Ter fome; tanto a Ter em abundância, como a padecer necessidades. Posso todas as coisas naquele que me fortalece." (Filip. 4:12,13) 



Um casal deve aprender a fazer investimentos sábios para o Reino de Deus, com boa vontade e não por obrigação. 

"Mas ajunteis tesouros no céu, onde a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam...Servo bom e fiel sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei, entra no gozo do teu Senhor..." (Mateus 6:19,20; 25:14-30) 



Um casal sábio e temente jamais coloca "Deus na parede", financeiramente falando. Contudo, reconhece que Ele é capaz de suprir a falta de dinheiro quando ocorrer. 

"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." (Filipenses 4:19) 

Gostaria de finalizar dizendo algo que resume praticamente tudo que foi escrito aqui: CASAIS orem juntos, na intimidade do leito conjugal, coloquem tudo diante do Senhor!
Isso faz toda diferença!
 
 









Pesquisar este blog