PENIEL – ENCONTRO COM DEUS FACE A FACE

Breve estudo em Gênesis

Gênesis 32:22-32

 

Geograficamente falando, Peniel é um vale, é um lugar especial. Foi ali que Jacó viu Deus face a face, e teve sua vida transformada e salva. Depois que passou por Peniel, ele já não era mais Jacó - o usurpador (enganador). Passou a chamar-se Israel.

 

Espiritualmente falando, Peniel é lugar de luta e de guerra, de acerto de contas e de transformação. Foi naquele local que Jacó sentiu a dor na articulação da coxa, deslocada no confronto com Deus. Dali saiu manquejando, arrastando uma perna, numa dor insuportável. Mas saiu inteiro, íntegro. Ali Jacó foi refeito pelo encontro que teve com o Senhor.

O esperto, o negociante, o ágil Jacó sempre venceu seus opositores.

Em Peniel o jeitinho Brasileiro de negociar não funciona.

Nesse encontro face a face com Deus, somos desarticulados porque Ele conhece o nosso ponto fraco.

Por essa razão Jacó pôde atravessar Peniel ferido, mas abençoado.

 

    I.      Jacó foi um homem que imaginou poder ter a benção, sem ter santidade – Tinha fé, fazia cultos, mas trazia consigo problemas sérios de comportamento:

 

F A história de Jacó era permeada de trapaça, mentira, humilhação e fuga:

·    Nasceu disputando espaço com seu irmão Esaú. Seu nome: "enganador".

·     Querendo a benção de qualquer jeito, colocou a mãe no fogo (cúmplice) e enganou o seu pai, Isaque.

·    Diante do pecado contra Esaú, roubando a primogenitura, Jacó fugiu. Achou que o tempo resolveria as coisas.

·    A vida de Jacó ficou amarrada. A biblia diz que "quem planta colhe". Trabalhou 7 anos para Labão em vão.

·    Depois de muita luta, conseguiu algumas coisas na vida. Mas o pecado estava lá, atormentando. Seu nome continuava Jacó (enganador).

 

II.      A crise: Jacó precisava definir as coisas: Ou apostatar de Deus ou amá-lo! - Em meio a sua vida incoerente que confessava a religião de seus pais, mas não a vivia com veemência, Jacó foi levado a uma "crise existencial", decisiva em Peniel.

 

  • Para ter esse encontro radicalmente transformador com Deus, Jacó precisou de duas atitudes:

 

1.   Tomar a decisão - enfrentar seu passado – Inimizade c/ Esaú (Gl 5:20 – obra carne)

2.  Ficar só – Jacó fez passar adiante de si tudo o que lhe pertencia: Família, bens, relacionamentos, preocupações, dívidas, etc.

 

Peniel é lugar de encontro com o Pai. Ali vemos Deus face a face. Por isso é lugar onde não se pode ir com outros. É lugar de solidão. É lugar de silêncio. É onde me encontro comigo e com o Senhor.

Em Peniel procuração não tem validade. Ninguém pode ir em nosso nome. Meus pais, filhos, amigos, pastores não respondem por mim. Em Peniel declaração de bens também não significa nada. Cursos, diplomas, currículo, extratos bancários, bens, posses, nada vale. No encontro face a face com o Senhor somos despidos de tudo o que decora nossa existência. O que para os homens é referência de significação social, para Deus, quase sempre, não passa de vaidade e fuga. Em Peniel nos encontramos sós. Ali estamos nus. Ali somos verdadeiramente quem somos. E Deus nos visita.

 "E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Jaboque. E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha. Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu". (vs. 23,24)

 Peniel reinvindica solidão, reflexão profunda, separação absoluta!

 

III.      Um Encontro com Deus exige luta – Jacó não estava ali para um encontro romântico, "soft". Era necessário um duelo decisivo entre sua humanidade pecaminosa e a santidade de Deus.

 

PENIEL! É um lugar de luta e de choro, um lugar de dor, mas também de transformação

 

A Luta de Jacó com Deus em Peniel pode ser descrita em pelo menos 6 afirmações:

 

1.    Essa é uma luta de Deus com o homem (vs. 24) – Não apenas um anjo, mas o Deus Santíssimo veio para confrontar sua vida, seus padrões, seu comportamento, suas atitudes mentais, enfim, seu passado e seu pecado.

 

"ficando ele só; e lutava com ele um homem, até ao romper do dia." - vs. 24

 

·     Você está aqui, não para ouvir pregadores ou ter comunhão com os irmãos - Você que deseja um Encontro com Deus, este exigirá de você uma grande luta!

 

·     Deus quer nos "nocautear" - colocar por terra todas as nossas resistências e defesas (vs. 25) – Deus desconjuntou Jacó. Deus desarticulou Jacó. Deus quebrantou Jacó.

 

"Vendo este que não podia com ele, tocou-lhe na articulação da coxa;

deslocou-se a junta da coxa de Jacó, na luta com o homem." – vs. 25

 

·     Ser nocauteado é render-se e reconhecer que está enfermo e precisa de cura – Jacó até então tentou "fazer de conta" que era um homem de Deus. Agora era preciso vencer sua hipocrisia e justiça própria, e confrontá-lo com a verdade.

 

·     Se você entrar em Peniel cheio de justiça própria, Deus vai derrubar você – Ele precisa lhe levar a um profundo arrependimento e para isso ele tem que "quebrar" você.

  

  

2.    Deus quer fazer de você ISRAEL, um "Príncipe de Deus" (vs. 28) – Se você for determinado o suficiente para ir até o fim nesta luta com Deus, sua identidade e sua vida serão mudadas a partir de hoje!

 

"Então, disse: Já não te chamarás Jacó, e sim Israel, pois como príncipe lutaste com Deus

e com os homens e prevaleceste."- vs. 28

  

3.    Nesta luta de Peniel, Deus prevalece quando o homem prevalece – Se você não agarrar em Deus com a atitude de "não te deixarei se não me mudares", sairão você e Deus "derrotados" desta luta!

 

·      A vitória de Deus está em se deixar dominar pela minha alma sequiosa – O meu choro e arrependimento têm que vencer Deus e leva-lo a mudar a minha vida.

 

·      O Deus Todo-Poderoso tem uma grande impotência: Ele não pode ocultar-se de uma alma que o busca até as últimas conseqüências! – O mulher siro-fenícia é um grande exemplo disso (Mc 7:24 – essa mulher não era judia, mas "Jesus não pode ocultar-se").

     

4.    Deus altera a maneira de nós andarmos – Deus colocou uma marca no andar de Jacó. Ele nunca mais foi o mesmo. Todos podiam notar a marca de Deus em seu caminhar.

 

"Nasceu-lhe o sol, quando ele atravessava Peniel; e manquejava de uma coxa." – vs. 31

 

·  Você vai começar um novo dia como Jacó! – O sol nascia e um homem de Deus andava diferente.

 

5.    Essa luta com Deus mudará ambientes e circunstâncias em sua vida – Diz a Palavra que, desde então, os judeus nunca mais comeram do nervo do quadril dos animais. Costumes foram mudados, gerações foram influenciadas, por causa do encontro de Jacó com Deus em Peniel.

 

"Por isso, os filhos de Israel não comem, até hoje, o nervo do quadril, na articulação da coxa, porque o homem tocou a articulação da coxa de Jacó no nervo do quadril." – vs. 32

 

·   Deus espera que ao sair daqui hoje, o ambiente onde você vive seja mudado – Sua família, seus amigos, seu ambiente de trabalho, receberão o impacto do que Deus vai fazer em você!

 

6.    O propósito de Deus em trazer-nos a Peniel é confrontar-nos com nossa real situação. Em Peniel, Deus opera uma cirurgia profunda de caráter, de identidade no homem. Mas para isso ele tem que abrir os porões da nossa vida.

 

"Perguntou-lhe, pois: Como te chamas? Ele respondeu: Jacó" – vs. 27

 

               I.    É absolutamente necessário tirar as máscaras e a confessar quem realmente temos sidoA pergunta de Deus hoje é: QUAL O TEU NOME? Jacó respondeu: "Meu nome é enganador". Esta era a identidade do seu caráter.

 

A sua resposta pode ser, por exemplo: (fecho os ohos e medite...)

 

·        Meu nome é mentiroso – Mentiras com o cônjuge, pais, nos negócios, com os pastores...

·        Meu nome é bruto (Brucutu) – Pai de família estúpido, violento. Patrão arrogante e injusto...

·        Meu nome é desonesto – Vende gato por lebre, sonega, vive fazendo serviço porco, rouba do patrão (tempo ou dinheiro)...

·        Meu nome é adúltero – "Casos" extraconjugais que ninguém sabe, pornografia, fantasias mentais (pensando em "outra" ou desejando as irmãs).

·        Meu nome é rebelde – Filho respondão, dissimulado, indisposto. Ovelha que não se submete, que fala mal dos líderes...

·        Meu nome é preguiçoso / irresponsável – Chefe de família que não assume seu papel ou esbanja em seu próprio interesse, sem pensar nos outros. Homens que não param em emprego porque são irresponsáveis. Consumistas que compram e não pagam...

·        Meu nome é insensível (cínico) – Egoísta, que não se compadece com o sofrimento alheio (às vezes até de pai e mãe). Cínico em relação ao mover do Espírito, cheio de blasfêmias e incredulidade (não concorda com o mover de Deus na igreja).

·        Meu nome é arrogante – Gosta de pisar nas pessoas e se fazer superior a elas. Não aceita que ninguém toque em sua vida.

·        Meu nome é hipócrita – Aparentemente um santo, por trás uma pessoa completamente carnal e sem vida com Deus.

·        Meu nome é avarento – Não reparte com ninguém. Rouba a Deus nos dízimos e ofertas.

 

          II. Se você não confessar a sua real identidade até aqui, não há nada que Deus possa fazer por você – Sem arrependimento e confissão, não há mudança de vida!

 

      III. Não é possível seguirmos no plano de Deus sem enfrentar o nosso pecado -  Jacó fugiu por 20 anos e as conseqüências do seu pecado cresceram. Agora eram quatrocentos homens marchando contra ele!

 

E os mensageiros voltaram a Jacó, dizendo: Fomos a teu irmão Esaú;

e também ele vem para encontrar-te, e quatrocentos homens com ele. (GN 32:6)

 

         IV. Se não enfrentarmos nossos pecados, eles nos enfrentarão – Satanás tem legalidade sobre nós enquanto andamos em trevas.

 

              V. O caminho é confissão e arrependimento. Não há atalhos! – Jacó tentou primeiro resolver com presentes: (Gn 32: 20).

 

"E direis também: Eis que o teu servo Jacó vem atrás de nós. Porque dizia: Eu o aplacarei com o presente, que vai adiante de mim, e depois verei a sua face; porventura ele me aceitará".

 

         VI. Só quando assumimos o nosso pecado é que nos vemos livres dele -  Pecado tem nome, CPF e RG.

 

Em Peniel a carne é ferida:

- As articulações da vaidade, do egoísmo, do egocentrismo, da prepotência são tocadas e desarticuladas.

Peniel é ringue, é campo de batalha, onde Deus atinge o nosso orgulho e nossos vis interesses.

Nessa luta Deus desnuda a ferida e a toca profundamente.

Dali saímos machucados, mancos, desarticulados .... mas transformados, ali nossa alma é restaurada, é refeita. Nossa vida se enche da presença de Deus. É lugar de batalha e de luta, onde ser vencido é ser vencedor. Ali a vida se renova, ali, onde a ferida da carne se abre e a ferida da alma se fecha. Em Peniel as dores nos conduzem à cura. Se Ele toca, somos curados. Se nos escondemos, evitando o encontro, somos pouco a pouco consumidos pelo câncer que se alastra. Nos destruímos, somos desfigurados. Já não somos quem eramos. É ali que Deus toca com carinho de Pai nossos feridas abertas e nos faz novo. Renascem a fé, a esperança, a vida. Por isso necessitamos de Peniel.

 

CONCLUSÃO: PENIEL É UM LUGAR DE DECISÃO!

VAI CONTINUAR SENDO "JACÓ" E DEIXAR QUE SEUS INIMIGOS TRATEM COM VOCÊ OU VAI LUTAR COM DEUS PARA SER TRANSFORMADO EM "ISRAEL"?

VAI INVESTIR NA DISSIMULAÇÃO ATÉ QUE A MÃO DE DEUS O APANHE, OU VAI CONFESSAR O SEU PECADO E HUMILHAR-SE PARA MUDAR DE VIDA?


por: Pr. João Tavares.
--



Visite:
www.espacodecristo.com
Um lugar de reflexão,partilha, oração e conversão.


"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." (Marcos 16:15)

6 comentários:

  1. Estudo edificante. . Gloria a Deus

    ResponderExcluir
  2. Excelente, aprendi muito nesse estudo.

    ResponderExcluir
  3. Peniel é um dos estudos que mais me marcou. Foi ministrado sobre Peniel no Encontro com Deus que fui, realmente Peniel é confronto, lugar onde nossas mascaras caem ao chao, mas a partir disse confronto nao somos mais os mesmos. o Senhor por sua infinita graça nos transforma! Aleluia, Deus é fiel!

    ResponderExcluir

comentário(s)

Pesquisar este blog