O problema da religião e os tesouros da Terra.



Os reinos desse mundo estão sem saber que fazer hoje, a globalização tem impactado todos nós. A crise global tem destruído nossa confiança, as economias do mundo estão implodindo, as culturas do mundo, estão se explodindo, crises econômicas e sociais estão destruindo tudo, parece que existe uma batalha pela terra, e todo coração do ser está buscando um novo mundo, nos estamos buscando um mundo melhor, e nos tentamos a religião, a política, a educação tentando resolver os problemas globais, mas o maior problema no mundo hoje não é a política, nem o governo, mas é a religião!

A religião sempre foi a fonte do conflito, hoje um dos maiores problemas do mundo é o terrorismo, que é motivado pela religião. As cruzadas, foram resultados de guerras religiosas, inquisição onde milhões de pessoas são mortas no nome de Deus! O deus deles! E hoje não há diferença. Jesus Cristo foi enviado por Deus a terra para resolver os problemas da terra, e Jesus nunca trouxe uma religião, nem foi associado de caifás, de fato, a sua maior oposição, foi com os povos religiosos. A religião é o problema, e Jesus Cristo veio a terra apresentando a solução da parte de Deus, a solução de Deus para terra é que Ele crê que o governo é a solução para o problema do mundo. Lá no fundo do seu coração, você crê na mesma coisa, todos somos envolvidos na política, nos votamos e cremos no profundo do nosso coração que se escolhemos o governo certo, teremos a nação certa, a economia certa, as leis e cultura certa. Pois cremos que o governo é a solução para o problema do ser humano.

Quando Deus profetizou sobre a vinda do Messias Ele nos disse que Ele virá a terra para resolver o problema humano. A Bíblia não é um livro religioso, mas livro que trata sobre leis, governos, reinos e onde esta a profecia de Jesus.


O livro de Isaias-9, Deus anuncia a vida do Messias para resolver os problemas humanos. Jesus está vindo a terra, não como uma religião, mas com um reino!

Em Mateus capítulo quatro, Jesus Cristo tem trinta anos de idade, está para começar seu ministério, e ele tinha acabado de ser batizado por João, e Ele foi ao deserto, jejuou por quarenta dias, recebeu sua unção e Ele sai do deserto, cheio do Espírito Santo e Ele anuncia a sua missão. Em Mateus 4-17 Jesus disse: arrependei-vos, pois o Reino dos Céus chegou!


Aleluia!


Jesus Cristo Anuncia a sua missão que não é uma religião, é um reino! Arrepender é mudar a sua realidade e declarar diante dEle todos os desejos de viver uma nova vida!


Em Mateus 6-33 Jesus disse: Buscai primeiro o reino dos céus e a sua justiça e TUDO que você precisa será acrescentado.


Louvado seja Deus!


Amem!


Saia da “UTI” espiritual!


Esse tema me veio à mente em um momento muito especial de oração e reflexão com Deus. Resolvi escreve-lo tomando como paradigma a minha própria experiência, daí oro a Deus para que minha ousada atitude, não venha extrapolar nos limites da minha privacidade e intimidade com Ele. Até por que o motivo pelo qual escrevo talvez nem seja tão relevante assim para algumas pessoas, mas a intenção de evangelizar, essa sim, além de relevante é nobre, e aqui escrevo com essa intenção.

Eu entendo que nos problemas que passamos na vida enfrentamos um processo de adaptação até que consigamos resolve-los. Trazendo isso para uma realidade partilhada com Deus entendo que acontece um processo espiritual de três fases: a restauração, a planificação e a reestruturação.


No processo de restauração estamos frágeis, volúveis e passiveis ao sofrimento, precisando de ajuda.


Já no processo de planificação estamos na fase de adaptação, ou seja, estamos forjando nosso caráter em Cristo para enfrentarmos tais situações.


Por ultimo, o processo de reestruturação, é a fase da cura espiritual, onde estamos de fato fortalecidos em nossa estrutura espiritual, emocional e psicológica.


Saindo da teoria, e trazendo essas situações a uma realidade pratica da vida, só a nível de visualização de como isso ocorre, imagine alguém que passando por sérios problemas de relacionamento familiar coloque essa situação diante de Deus em suas orações.


O primeiro momento na vida dessa pessoa é o de fragilização emocional, ou seja, ela está receptiva a toda e qualquer carga negativa, absorvendo os conflitos, a incompreensão, enfim, é como se fosse uma “esponja” emocional que vai captando tudo, muito embora não queira isso. Essa é a fase da restauração, por que ela está buscando a cura dos seus relacionamentos.


O segundo momento desse processo é a planificação, é onde acontece o fortalecimento espiritual em sua vida. Aqui a pessoa já encontra forças para orar e buscar auxílios em Deus, permitir que Ele lhe ajude em tudo.

O terceiro e último momento é onde a pessoa não mais envolve a vida dela na situação, ou seja, ela passa a ver todos os problemas relacionais como algo externo a sua vida, esse é o processo de reestruturação. Aqui sua vida está protegida e emocionalmente ela não se sente mais tão abalada. O contorno de sua vida é preservado pelo fortalecimento de sua fé através das suas orações e sua vida acadêmica, profissional, relacional e espiritual não sofre as influências por que simplesmente ela entende que tudo isso é contrario a sua vontade.


Não é raro enfrentarmos problemas que machuquem, desestruturem nosso emocional e nos fragilize a ponto de total desestruturação na vida. Mais do que os problemas financeiros, profissionais ou sentimentais, os problemas familiares são sem dúvida os que mais atacam e comprometem a nossa vida espiritual com Deus.

Na palavra do Senhor em Mateus, Jesus nos convida a ir até Ele com todo o nosso cansaço e opressão, Ele nos promete alívio com a promessa de que seu julgo é suave, seu fardo é leve e complementa dizendo que é manso e humilde de coração.

Que outro convite seria mais adequado para aqueles que sofrem opressões e está cansado, com fardo pesado? Só a ação potencial de Deus em nossas vidas é capaz de nos livrar de tais situações e nos permitir a sair da “UTI” espiritual direto para a cura total!


Eu creio nisso, e você?


Que o Senhor Deus te guarde e te preserve em sua integridade, sem máculas, sem ira, sem dor, sem traumas e iniqüidades para que possais junto com Ele celebrar a vitória de todas as curas do relacionamentos familiares doentios te trazendo as bênçãos e paz para que você seja verdadeiramente uma pessoa feliz na promessa de Deus.


Amem!


Morra Vazio!



O Pastor Myles Munroe esteve no Brasil na realização do 13º. Congresso para pastores e falou sobre as riquezas do reino. Em uma de suas falas ressaltou que a coisa mais rica no planeta terra, não são os diamantes, nem as minas da África, nem os poços de Iran e Iraque, nem mesmo as minas de ouro do Peru!


As coisas ricas da terra, não é muito longe da nossa casa. O lugar mais rico da terra é o cemitério, pois ali estão livros que nunca foram escritos, musicas que nunca foram tocadas, poesias que nunca foram lidas também está! Idéias que nunca se tornaram realidades estão no cemitério!


O cemitério é um lugar rico, por que enterrado no cemitério, estão grandes homens que morreram como alcoólicas, mulheres impressionantes que morreram como prostitutas, viciadas em drogas! O cemitério esta cheio de riquezas, porque as pessoas levaram os tesouros ao cemitério, é temeroso pensar que podemos ser candidatos para acrescentar a riqueza do cemitério.


Muitos de nos estamos carregando livros que não escrevemos, musicas que não escrevemos, negócios, idéias, planos perfeitos... e cada dia que se passa estamos chegando mais perto do cemitério. Firmados na fé do Deus vivo, é preciso crer que morreremos vazios.


Viemos a esse planeta, não para sobreviver, mais para fazer a diferença, não estamos aqui, apenas para receber, mas para dar. Deus nos enviou aqui para uma missão para cumprir, não deixe o cemitério pegar o nosso tesouro, queira morrer vazio. Deus quer que morramos como o apóstolo Paulo que diz que combateu o bom combate, guardou a boa fé, e cumpriu o seu desígnio e foi derramado como uma oferta, e tendo nada sobrando declarou estou pronto para morrer! Paulo não morreu velho, ele morreu vazio!


Deus nos mandou a terra para morrer como Seu filho Jesus Cristo, que não morreu velho, aposentado, paralítico. Ele disse: Está consumado! Ele não falou que estava consumado, pois Ele nunca morre, mas ele disse, esta consumado! É a sua missão, será que você já cumpriu a sua? Se você não concluiu sua missão, você não tem direito para morrer.


Deus quer que morramos vazios, pois o mundo precisa do nosso tesouro! Ele nos mandou para terra, por que fazemos parte da descendência dEle, este mundo precisa do seu tesouro. O apostolo Paulo disse que temos esse tesouro em vasos de barro para mostrar a gloria de Deus. O mundo precisa de você, creia nisso!


Que o Senhor nos guarde, abençoe e permita que morramos vazios, porem cheios da Sua graça!


Amem!




Verdades Bíblicas sobre o concubinato.

Que a sociedade hodiernamente vive uma total inversão de valores não é nem novidade falar, mas poucos se atentam ao que Deus fala em situações tão comum da atualidade, e quando somos pegos de surpresa vivendo a murmúria de dias infelizes não raro dizemos a Deus: mas Senhor, por que estou passando por isso!?

A palavra de Deus no livro de Juizes traz uma mensagem clara acerca das concubinas, que embora fosse aceitável pela sociedade Israelita (tal qual acontece hoje), não é da vontade do Senhor, veja bem, a Bíblia é muito clara nesse sentido e taxativa, a começar de Gênesis 2.24 quando lemos que os dois serão uma só carne.

É a incrível matemática de Deus quando diz que os dois serão um, e esse um é em sentido de unidade familiar, não cabe aqui as divisões, separações, amantes, concubinas ou qualquer outra forma de, digamos assim, concerto social para resolver problemas ou dar nomes a esses problemas.

Voltando para a reflexão da mensagem trazida no livro de Juizes, vemos que quando a fé do povo Israelita se desintegrou de Deus sua unidade como nação também se desfez e a conseqüência disso foi que eles, os Israelitas perderam toda a posse da terra, os propósitos do Senhor e não demorou muito para que cada um fizesse o que ‘‘achava mais reto’’ isso aconteceu quando passaram a não mais permitir que Deus os guiasse.

Ao fazerem as leis para seus próprios benefícios, estabeleceram padrões muito abaixo dos de Deus e é exatamente o que acontece quando deixamos Deus fora dos planos de nossa vida, provavelmente ficamos chocados com o que somos capazes de fazer, creio que essa seja a reação de muitas pessoas ao se depararem com uma situação envolvendo concubina em seu relacionamento.

Na Bíblia elas serviam como mulheres de guerra, ou seja, para servirem aos homens que iam para guerra, possuíam todos os deveres, mas porem alguns privilégios. Um detalhe importante, e que a Bíblia não cita direitos, pois embora fossem ligadas ao homem, sexualmente falando diga-se de passagem, ela, a concubina e seus filhos não tinham sequer direito a herança como esposa e filhos legítimos, seu principal propósito, isso quem diz e a Bíblia, era de dar prazer sexual ao homem ter filhos adicionais e ajudar na realização dos trabalhos domésticos, as concubinas na Bíblia costumavam ser prisioneiras de guerras, mas isso é um fato Bíblico, porem a sociedade atual não deixa de ‘gritar’ sobre as conseqüências trazidas inclusive de legislações protetivas a essa figura tão deturpadora da paz nas famílias quando sofrem a angustia e humilhação em ter que enfrentar morosos processos judiciais em busca de direitos como se não fossem seus.

E mais uma vez a realidade social se choca com a realidade Bíblica, não por uma questão meramente temporal, mas pela desobediência do homem em não acreditar, confiar e viver os propósitos de Deus na sua vida.


Que Deus abençoe a TODAS as famílias do Brasil e do mundo e possa refrigerar os corações aflitos das esposas, verdadeiras esposas que constroem um lar junto com seus filhos, trazendo a estas discernimento, paz coragem e muita fé!

Amem!

Fonte: Estudos da Bíblia em devocional no livro de Juizes.

Quero mais de Ti Senhor, e menos de mim....

Ouví uma canção que me fez entender verdadeiramente o sentido dessa frase: MAIS DE TI, E MENOS DE MIM!

E por que menos de mim?

Por que sou fraco, pecador, depressivo, ansioso, vivo pertubado, iquieto, nem sempre cumpro o que falo, não esotu atento ao proximo, vivo sempre doente emocionamente, preciso sempre estar fugindo de mim, recorro a meios artificiais para me sentir completo, ando distraido, durmo quando é para estar acordado e acordo tarde sempre!

Por que na minha vida nem sempre tenho encontrado sentido, beleza, paz, espiritualidade, amigos verdadeiros, compaixao, perdão, quietude...

Por que minha familia as vezes parece não querer cooperar comigo, me deixam preocupado, me fazem sentir menos ainda do que sou...

Por que sinto-me um nada!

Mas, tem um PORÉM no meio de tudo isso que passamos e sentimos,

É o PORÉM de Deus, manifestamente colocado em nossas vidas!

reflita nessa cançao, e dê a você mesmo a oportunidade de caminhar mais leve e sentir-se melhor.

Ministério Unção Ágape (Grupo de cantores evangeélicos) expressou com maestria a tradução da minha inspiração hoje nessa canção cujo nome é Derrama Tua Glória.

Baixe ai no seu computador e escute!

Deixo a letra para você refletir:


(...)
Derrama Tua Glória
Ministério Unção Ágape

Meu maior prazer
Estar em Tua presença
E prostrado aos Teus pés
Te adorar Jesus
Senhor da minha vida.
Eu ouço a Tua voz
Eu sinto o teu mover aqui
Quero mais de ti Senhor
Do Teu poder e Tua unção
Eu ergo minhas mãos e clamo

Derrama Tua glória
Derrama Tua sheknah Senhor
Inunda o meu ser nos rios deste amor
Derrama Tua glória
Derrama Tua sheknah Senhor
Inunda o meu ser nos rios deste amor.


Deus te abençoe e faça de você muito mais do que você sempre sonhou ser!

E creia, Ele é capaz!

Perdão Senhor,



A uma das maneiras que temos de aliviarmos a nossa alma do peso dos nossos pecados é nos arrependendo e pedindo perdão a Deus.

Recordo-me de umas das pregações do Padre Léo dizia que: “O único tribunal onde você é absolvido, embora confessando a própria culpa, é a confissão”.


A confissão já é uma forma de pedir perdão a Deus, e consequentemente, permitir que Ele apague o pecado de nossas vidas. Sua palavra já diz que:

“Arrependei-vos, portanto, e convertei-vos para serem apagados os vossos pecados”. É preciso apagar o pecado que está em nos, que nos leva à tristeza, ao desânimo. Não existe o sentido da perda da própria vida se por detrás disso não houver um pecado.

Deus, coloco em tuas mãos, todo o peso do pecado, aquilo que maltrata almas e faz sentir distante de Ti. Que a Tua conversão verdadeira venha com radicalidade a todas as vidas necessitadas do Teu amor até o ponto de reconhecermos que sem Ti não somos nada! Que nós possamos enxergar as próprias fraquezas, para que possamos reconhecer os próprios pecados.

Que o divino Espírito Santo de Deus possa visitar todos os corações aflitos e contristados e abençoar de forma abundante os leitores do EC (Espaço de Cristo)

Amém!

A vitória de Deus sobre Astutas Ciladas do Diabo


Difundir o Evangelho de forma a levarem as pessoas ao erro diante da Palavra de Deus, de tal forma que essas fiquem confusas e assim a verdade do Evangelho e o crescimento espiritual das pessoas fiquem obstaculado, talves seja essa umas das armas usadas pelo inimigo.

O texto de Efésios, o apóstolo Paulo faz uma advertência, para estarmos prontos porque nós temos de lidar com um adversário astuto, e que emprega ciladas sutis, armadilhas espertas, disfarçadas.

Já o apóstolo João nos diz no livro de Apocalipse 12:9, na sua visão, que viu na ilha de Patmos uns espíritos que ele classifica como espíritos enganadores: "E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e satanás, o sedutor de todo o mundo.

A grande verdade é que muitas pessoas têm caído, na igreja, vítimas das ciladas do erro religioso. Não somente das seitas que estão lá fora, mas do erro religioso que brota dentro da igreja.


O Movimento de Batalha Espiritual tem despertado a igreja para o conflito em que ela se encontra, por outro lado observamos uma fraqueza neste movimento que é identificar a obra maligna em apenas questões como a doença, problemas físicos e ocasionais, esquecendo-se que a maior arma do diabo, que sua maior estratégia é exatamente o erro religioso;


Diante do exposto, necessária se faz a seguinte reflexão:


Por que tantas pessoas inteligentes ouvem a mensagem do evangelho mais de uma vez e não conseguem compreender e aceitar ou se mover ou se decidir?


A resposta é uma só: que os poderes malignos e tenebrosos que ocupam nosso mundo e o dominam, cegam os entendimentos dos incrédulos; fecham os olhos e não permitem ver o que é óbvio, o que é claro. O diabo faz isso.


Drogas? Não obrigada!



Nem era inteção minha escrever esse texto, mas ao deparar-me com esse testemunho muitas coisas me passaram em minha mente.

fico imaginando a vida de um drogado... ao passo que penso que quantos problemas, desafios, impasses a vida já nos coloca até que uma pessoa vem e resolve, digamos assim, incluir mais essa bagagem!

Bobagem, ilusão, infantilidade, fuga, desespero, falta de amor proprio, confiança em si mesmo ou falta do reconhecimento do amor de Deus!

A verdade é que Deus nos fez com tudo que precisamos para termos uma vida digna.
somo criados a sua imagem e Semelhaça e como tal acredito que feitos para sermos homens e mulheres livres, capacitados, prosperos, amaveis... e isso não é utopia!

Acho que a imagem é a perfeita tradução de que como Deus se sente quando pessoas se permitem a viver tal vida, lamentável vida diga-se de passagem!

A inspiração das minhas breves palavras proveio desse testemunho:

Inconcientemente aos 16 anos entrei no mundo das drogas.

Primeiro experimentei maconha e achei um barato.

Embalado pela fumaça passei a cheirar cocaína, tomar L.S.D o barato era maior ainda.

Meus pais se afastaram de mim.

Perdi o emprego.

Perdi minha dignidade.

Hoje conscientemente aos 25 anos, chego ao fundo do poço.

Com uma certeza, que aquele barato me custou muito caro.


Obs; o depoimento é do blogg do heronblog.



23ª. dia com Propósitos



Transformado pela verdade

As pessoas precisam mais que de pão para a sua vida; elas precisam alimentar-se de cada palava de Deus.

Mateus 4.4

O crescimento espiritual é o processo no qual substituímos as mentiras pelas verdades. Jesus orou: Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.

Santificação exige revelação. O Espírito de Deus usa a Palavra de Deus para nos tornar semelhantes ao Filho de Deus. Para nos tornar semelhantes a Jesus, devemos preencher nossa vida com a sua Palavra. A Bíblia diz: Por meio da Palavra, somos unidos e moldados para as tarefas que Deus tem para nós

A Palavra de Deus é diferente de qualquer outra palavra. Ela é viva. Jesus disse: As palavras que eu lhes disse são espírito e vida. Quando Deus fala, as coisas mudam. Tudo ao seu redor — toda a Criação — existe porque disse Deus. Foi pelas suas palavras que tudo veio a existir. Sem elas, você nem estaria vivo. Tiago observa: Deus decidiu nos dar vida pela palavra da verdade, de modo que sejamos a mais importante de todas as coisas que ele fez!

Viver o sobrenatural de Deus é crer que somos verdadeiramente conduzidos por Ele, e pricipalmente, deixar ser conduzidos!


Imagem: Mata do Amem - João Pessoa - PB

Fonte: Sudema

PALAVRA DE DEUS



Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de
misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em
toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em
qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos
contemplados por Deus.

-- 2 Coríntios 1:3-4


A Palavra de hoje nos faz sentirmos verdadeiramente
confortados para confortar outros. Deus nos abençoa
com a Sua presença para tambémcapacitar e encorajar
outros. Deus tem mãos humanas, mas somente
quando uso minhas mãos à Sua glória e para confortar outros.

E em especial hoje nessa data tão histórica!

Meu desejo é que Deus possa encorajar todas as mulheres
e capacitá-las verdadeiramente para tão somente segui-Lo!

A todas nós, Feliz dia das mulheres! E para representar nós mulhres,

Maria, mãe de Jesus!

quero estar aos pés da CRUZ!

hoje a tarde vasculhando o youtube assisti esse clássico, belíssimo louvor que me fez sentir mais parto de Deus.. nossa me emocionei mesmo.





Aos Pés Da Cruz
Kleber Lucas
Composição: Kleber Lucas

Meu Jesus maravilhoso és
Minha inspiração a prosseguir
E mesmo quando tudo não vai bem
Eu continuo olhando para Ti.
Pois sei que Tu tens o melhor pra mim
Há um segredo no Teu coração
Oh! Dá-me forças pra continuar
Guardando a promessa em oração.

Firme, oh! Deus está o meu coração
Firme nas promessas do Senhor
Eu continuo olhando para Ti
E assim eu sei que posso prosseguir.

E mesmo quando eu chorar
As minhas lágrimas serão
Para regar a minha fé
E consolar meu coração
Pois o que chora aos pés da cruz
Clamando em nome de Jesus
Alcançará de Ti Senhor
Misericórdia, Graça e luz

Teu grande amor não cessa
Eterno não tem fim
Quão grande És Tu Senhor,
Quão grande És pra mim
Tua graça é o meu refúgio
Descanso no Teu poder
Maravilhoso és, Maravilhoso és
Pra mim.

Misericórdia, Graça e luz.
Misericórdia, Graça e luz.

23ª. dia com Propósitos


Como crescemos

O objetivo do Pai celestial é que você amadureça e desenvolva as características de Jesus Cristo. Lamentavelmente, milhões de cris­tãos envelhecem, mas nunca crescem. Emperram numa perpétua in­fância espiritual.


O motivo é que nunca pretenderam crescerCrescimento espiritual não é algo automático. É necessário que haja um compromisso voluntário. Você deve querer crescer, decidir crescer, fazer um esforço para crescer e persistir em crescer.

O discipulado — o processo de se tornar semelhante a Cristo — sem­pre começa com uma decisão. Jesus nos chama, e nós respondemos: “Venha, seja meu discípulo”, Jesus lhe disse. Então Mateus levan­tou-se e o seguiu.


Nada molda mais sua vida que os compromissos que você esco­lhe fazer. Seus compromissos podem desenvolvê-lo ou destruí-lo, mas de qualquer forma serão determinantes para você. Diga-me com o que você está comprometido, e eu lhe direi aonde você estará em vinte anos. Tornamo-nos aquilo com que estamos comprometidos.


É nesse estágio do comprometimento que a maioria das pessoas perde o propósito de Deus para a vida delas. Muitos têm medo de se comprometer com qualquer coisa e simplesmente ficam vagando pela vida. Outros assumem compromissos superficiais, com valores conflitantes, o que leva à frustração e à mediocridade. Outros se comprometem inteiramente com objetivos seculares, como enriquecer ou ficar famoso, e acabam desapontados e amargos. Toda escolha tem conseqüências eternas; logo, é me­lhor que você escolha sabiamente. Pedro adverte: E assim, já que tudo ao nosso redor se derreterá, que vidas santas e piedosas nós devemos viver



Um versículo para memorizar: Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os trans­forme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele (Romanos 1.2.2; ).

Uma questão para meditar: Em que área preciso parar de pensar do meu jeito e começar a pensar do jeito de Deus?


Imagem: Centro de Convenções Cidade Viva – João Pessoa - PB



22ª. dia com Propósitos.




Criado para se tornar semelhante a
Cristo

Desde o princípio, o plano de Deus tem sido fazê-lo à semelhança de seu Filho, Jesus. Esse é o seu destino e o terceiro propósito para sua vida. Deus anunciou sua intenção na criação: Então disse Deus: Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança.

A Bíblia diz que todas as pessoas, e não apenas os crentes, detêm parte da imagem de Deus; esse é o motivo pelo qual o assassinato e o aborto são errados.2 Mas a imagem está incompleta, tendo sido danificada e distorcida pelo pecado. Então Deus enviou Jesus para restaurar a plena imagem que havíamos perdido

O desejo de ser um deus manifesta-se todas as vezes que tenta­mos controlar nossas circunstâncias, nosso futuro e as pessoas ao redor. Mas como criaturas jamais seremos o Criador. Deus não quer que você se torne um deus; ele quer que você se torne santo — que assuma valores, atitudes e caráter próprios dele. A Bíblia diz: Bus­quem uma maneira completamente nova de viver — uma vida mol­dada por Deus, uma vida renovada no interior e que se demonstre na conduta de vocês, à medida que Deus reproduz detalhadamente o caráter dele em vocês.

O supremo objetivo de Deus para sua vida na terra não é o confor­to, mas o desenvolvimento de seu caráter. Ele quer que você cresça espiritualmente e se torne semelhante a Cristo. Tornar-se semelhante a Cristo não significa perder a perso­nalidade ou se tornar um clone autô­mato. Deus criou em você um caráter único; logo, logicamente não quer des­truí-lo. O cristianismo ocupa-se da transformação do caráter, não da per­sonalidade.


Um versículo para memorizar: Conforme o Espírito do Senhor trabalha em nós, tornamo-nos mais e mais como ele e refletimos ainda mais a sua glória (2Coríntios 3.18;).




Pesquisar este blog