7 de nov de 2014

ABORTO: Devo ou não Abortar?



 
 Até que ponto vai a liberdade de escolha do ser humano?Ter ou não ter esse filho, eis a questão!Mais do que social ou financeira, a escolha da vinda ou não de alguém no mundo não é nem deve ser fruto de uma decisão impensada.Desde o ventre de nossas mães, somo seres únicos, independentes.Segundo pesquisas cientificas, o feto tem não é uma ramificação do corpo da mulher, o feto é um ser independente. O aborto, é fruto da promiscuidade e irresponsabilidade, quem pratica tal ato, alem de assassina é vítima de si mesmo, pois vai carregar na memória a crueldade a um ser inocente e que não pediu para passar por tais atos.Quanto ao tempo de vida, as únicas diferenças entre um óvulo fecundado e um bebê são está no desenvolvimento e o tipo de nutrição, antes de nascer, o feto já é um ser humano.O zigoto, embora sendo minúsculo, é um ser humano e possui todas as informações genéticas para crescer e desenvolver-se como tal.Os defensores do abordo que afirmam EQUIVOCADAMENTE que a prática é um direito da mulher, por se tratar de um procedimento executado em seu próprio corpo, pois o feto não é uma mera extensão do corpo da mãe.Trazendo o assunto para o contexto bíblico, A Bíblia nunca trata especificamente sobre a questão do aborto, porém, há inúmeros ensinamentos nas Escrituras que deixam clara qual é a visão de Deus sobre o aborto, vejamos: Jeremias 1:5 nos diz que Deus nos conhece antes de nos formar no útero.Êxodo 21:22-25 dá a mesma pena a alguém que comete um homicídio e para quem causa a morte de um bebê no útero. Isto indica claramente que Deus considera um bebê no útero como um ser humano tanto quanto um adulto. Para o cristão, o aborto não é uma questão sobre a qual a mulher tem o direito de escolher. 

A importância de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO!

Hoje em meu devocional/MAPA eu aprendi sobre a importancia de ter um tempo EXCLUSIVO PARA ORAÇÃO! Como é preciosa a lição trazida em Mt 6....