Instuções do Mestre

Amados Leitores,

Como são ricas as palavras de Jesus aos seus discipulos.
As instruções enviadas por ele, pode perfeitamente se adequar ao que vivemos hoje.
Ei-as:

"A estes doze enviou Jesus, dando-lhes as seguintes instruções: 
1. Não tomeis rumo aos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos; mas, de preferência, procurai as ovelhas perdidas da casa de Israel;
2. e, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos céus.
3. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, purificai leprosos, repeli demônios; de graça recebestes, de graça dai.
4. Não vos provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre nos vossos cintos; nem de alforje para o caminho, nem de duas túnicas, nem de sandálias, nem de bordão: porque digno é o trabalhador do seu alimento.
5. E em qualquer cidade ou povoado em que entrardes, indagai quem neles é digno; e aí ficai até vos retirardes. Ao entrardes na casa, saudai-a; se, com efeito, a casa for digna, venha sobre ela a vossa paz; se, porém, não o for, torne para vós outros a vossa paz.
6. Se alguém não vos receber, nem ouvir as vossas palavras, ao sairdes daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés". (Mateus, 10, 5 a 14)
Eu fico imaginando a suprema inteligência do Mestre ao instruir seus seguidores. A simplicidade e riqueza, delicadeza, sensibilidade e ao mesmo tempo firmeza nas palavras e inteireza de caráter.

Jesus é relmente sublime, portentoso, maravilhoso e insexplicavelmente lindo em ação e palavras.

Que Ele te abeçoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário(s)

Pesquisar este blog