A morte de Estevão (Atos 7: 46-60)


Graça e paz a todos,

Lemos ontem  um pouco sobre a vida de Estevao.
Servo fiel e temente a Deus,
Hoje vemos que a sua fidelidade foi até na sua morte, nos momentos mais ínfimos, onde seu inimigos estavam a apedrejar, Estevam fez cumpriu com os mandamentos da Palavra onde diz que devemos orar pelos nossos inimigos, pelas pessoas que nos perseguem, seja pela inveja,  intentando mal conta nos.

Ore a Deus por essas pessoas, certamente Ele agirá, entenda que essa luta não é sua, não lhe caberia essa missão.

Assum-me fraco e pecador diante de Deus, reconheça suas fragilidades.

Peça forças a Deus, recorra a fonte da aguas limpas diante do altíssimo para que lhe sejam perdoados os seus pecados.

A arma mais poderosa do mundo temos ao nosso favor que é o amor e a oração.
Tome posse dessas armas e reconcilie-se com o Senhor.

Ele sente saudades e se orgulha pela criação que fez que é você!

Corra para os braços do pai hoje e permita-se ser feliz, você merece!

Medite nessa mensagem:


Foi este que os conduziu para fora, fazendo prodígios e sinais na terra do Egito, e no Mar Vermelho, e no deserto, por quarenta anos.

Este é aquele Moisés que disse aos filhos de Israel: O Senhor vosso Deus vos levantará dentre vossos irmãos um profeta como eu; a ele ouvireis.

Este é o que esteve entre a congregação no deserto, com o anjo que lhe falava no monte Sinai, e com nossos pais, o qual recebeu as palavras de vida para no-las dar.

Ao qual nossos pais não quiseram obedecer, antes o rejeitaram e em seu coração se tornaram ao Egito,

Dizendo a Arão: Faze-nos deuses que vão adiante de nós; porque a esse Moisés, que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe aconteceu.

E naqueles dias fizeram o bezerro, e ofereceram sacrifícios ao ídolo, e se alegraram nas obras das suas mãos.

Mas Deus se afastou, e os abandonou a que servissem ao exército do céu, como está escrito no livro dos profetas: Porventura me oferecestes vítimas e sacrifícios No deserto por quarenta anos, ó casa de Israel?

Antes tomastes o tabernáculo de Moloque, E a estrela do vosso deus Renfã, Figuras que vós fizestes para as adorar. Transportar-vos-ei, pois, para além da Babilônia.

Estava entre nossos pais no deserto o tabernáculo do testemunho, como ordenara aquele que disse a Moisés que o fizesse segundo o modelo que tinha visto.

O qual, nossos pais, recebendo-o também, o levaram com Josué quando entraram na posse das nações que Deus lançou para fora da presença de nossos pais, até aos dias de Davi,

Que achou graça diante de Deus, e pediu que pudesse achar tabernáculo para o Deus de Jacó.

E Salomão lhe edificou casa;

Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:

O céu é o meu trono, E a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, Ou qual é o lugar do meu repouso?

Porventura não fez a minha mão todas estas coisas?

Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais.

A qual dos profetas não perseguiram vossos pais? Até mataram os que anteriormente anunciaram a vinda do Justo, do qual vós agora fostes traidores e homicidas;

Vós, que recebestes a lei por ordenação dos anjos, e não a guardastes.

E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra ele.

Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus;

E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.

Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele.

E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo.

E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.

E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.


Deus te abençoe.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário(s)

Pesquisar este blog