17º. dia com propósitos


O que realmente importa?

Não importa o que eu diga, creia e faça; sem amor, estou arruinado.

1Coríntios 13.3b; Msg

Amor significa viver da maneira que Deus nos mandou viver. Como vocês ouviram desde o início, o seu mandamento é este: Viva uma vida de amor.

2 João 1.6; ncv

Uma vez que Deus é amor, a lição mais importante que ele quer que você aprenda na terra é como amar. É quando amamos que so­mos mais parecidos com ele, de modo que o amor é o fundamento de todos os mandamentos que ele nos deu: Toda a lei pode ser resumi­da neste único mandamento: “Ame aos outros como você ama a si mesmo”.1

Aprender a amar altruisticamente não é tarefa fácil; vai contra a nossa natureza egoísta. É por isso que temos toda uma vida para aprender. É lógico que Deus quer que amemos a todos, mas ele se interessa especialmente por que aprendamos a amar as outras pes­soas que fazem parte de sua família. Como já vimos, esse é o segun­do propósito para nossa vida. Pedro nos diz: Mostrem um amor especial pelo povo de Deus.2 Paulo expressa o mesmo sentimento: Quando tivermos oportunidade de ajudar a alguém, nós devemos fazê-lo. Mas devemos dar uma atenção especial àqueles que são da família dos crentes.

Amar deve ser sua principal prioridade, seu objetivo primordial e sua maior ambição. Amar não é uma parte boa de sua vida; é a parte mais importante. A Bíblia diz: Que o amor seja o maior alvo de vocês.

O amor é para sempre. Outra razão pela qual Deus nos manda fazer do amor nossa principal prioridade é que ele é eterno. Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor. Seremos avaliados quanto ao nosso amor. A terceira razão para tornar o aprendizado do amor o objetivo de sua vida é que seremos avaliados com base nele na eternidade. Uma das formas pelas quais Deus mede nossa maturidade es­piritual é pela qualidade de nossos relacio­namentos. No céu, Deus não dirá “Fale-me de sua carreira, de sua conta bancária e de seus passatempos”. Em vez disso, vai rever como você tratou as outras pessoas, especialmente as necessitadas.9 Jesus disse que a forma de amá-lo é amar a família dele e cuidar de suas necessidades práticas: Digo-lhes a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram.

Tendo consciência de que algum dia ficará perante Deus, eis algumas questões que você precisa levar em consideração. Como você explicará aqueles momentos em que projetos e coisas foram mais importantes para você do que as pessoas? Com quem você precisa começar a passar mais tempo? O que você precisa eliminar de sua agenda para tornar isso possível? Que sacrifícios você precisa fazer?

A melhor utilidade que pode se dar à vida é amar. A melhor expressão do amor é o tempo. O melhor momento para amar é agora.

Um versículo para memorizar: Toda a Lei se resume num só mandamento: Ame o seu próximo como a si mesmo (Gálatas 5.14; nvi).

Uma pergunta para meditar: Honestamente, será que os relacionamentos são a minha prioridade? Como pos­so me assegurar de que são?


Imagem: Monumento Histórico da cidade velha João Pessoa -PB - Hotel Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentário(s)

Pesquisar este blog